segunda-feira, 25 de julho de 2011

MP pede a demolição do complexo do teleférico de Nova Friburgo


A segunda-feira começa bem. O MP ajuizou uma Ação Civil Pública contra a empresa que administra o teleférico de Nova Friburgo, pedindo a demolição de todo o complexo, além da recomposição toda a paisagem danificada.

Aliás, outros teleféricos estão na mira do MP, como o da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, por ignorarem a legislação ambiental.

Foto: Carlos Emerson Junior

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

Pedágio da Rio-Nova Friburgo terá aumento em agosto


O Conselho Diretor da Agetransp aprovou, em Sessão Regulatória realizada dia 25 de julho, o reajuste anual das tarifas básicas dos pedágios das concessionárias Via Lagos e Rota116.


Na Via Lagos as novas tarifas homologadas passam de R$ 9,80 para R$ 10,30 para veículos simples nos dias úteis, e de R$ 15,00 para R$ 15,70 nos fins-de-semana e feriados. Já na Rota116, os valores passam de R$ 3,70 para R$ 3,90 em relação a veículos simples e de R$ 7,40 para R$ 7,80 para veículos de eixo duplo, tais como caminhão leve e ônibus.

Os reajustes da Rota 116 e da Via Lagos são anuais, ordinários e previstos nos contratos de concessão. Após a publicação das deliberações da Agetransp no Diário Oficial, as novas tarifas poderão entrar em vigor, o que deverá ocorrer na primeira semana de agosto.

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

Denúncia!

Recebemos a denúcia de uma moradora da nossa querida Nova Friburgo, segue o relato:

"Bom dia, sou assídua leitora, adoro todas as matérias, e lendo uma delas observei que é possivel fazer uma denuncia em prol da melhoria de nossa querida Nova Friburgo, minha indignação é, existe uma van de vender cachorro quente, estacionada na rua da Silvetex, ou melhor, abandonada, pois o estado do veículo é deplorável, mas o pior de tudo é que ao anoitecer um casal, usa esta van para comercializar cachorro quente, sem a mínima higiene, e minha neta, que passa por ali, teve uma diarréia, após comer um cachorro quente deste lugar, segundo relatos de alguns conhecidos muitas pessoas tiveram e tem problemas com essa van, eles não tem alvará para funcionamento, não há higiene, a van em questao não tem nem mesmo documento, peço entao ao órgão competente que tome uma providência em relaçao a isso, por gentileza, sei que fazendo essa denuncia estarei ajudando a melhorar a imagem e sobretudo o bem estar dos moradores da nossa Nova Friburgo. Peço pelo menos que a fiscalização de postura e a Vigilância Sanitária façam uma visita a essa van, ela fica estacionada no início da rua, ao lado do ponto de táxi da rua da Silvetex , perto da antiga rodoviária no centro. Na Rua Modesto de Mello.

Obrigada,
De uma avó e antes de tudo friburguense."

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

domingo, 24 de julho de 2011

Nova Friburgo discute implantação de videomonitoramento em vias públicas

Em reunião no último dia 20, no gabinete do prefeito, representantes da Secretaria de Ordem Urbana, Guarda Municipal, policias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, OAB, Conseg e CCS/11 examinaram juntos o projeto de monitoramento por câmeras desenvolvido pela secretaria de ordem urbana.
A etapa inicial do projeto consiste em trinta e duas câmeras de alta resolução espalhadas pelos principais pontos da cidade, desde Conselheiro Paulino até a Ponte da Saudade. Uma segunda fase, recentemente concebida cobriria todo o município, inclusive os distritos mais distantes e estaria voltada também para o monitoramento de rios e encostas, além da vigilância das redes municipais de ensino e saúde.

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal em Segurança Pública (GGI/M) homologou o projeto na totalidade do ponto de vista técnico no que tange ao correto posicionamento dos equipamentos e sua enorme utilidade para a gestão da segurança pública na cidade.

O projeto será apresentado também, na próxima semana à câmara técnica do Codenf (Conselho de Desenvolvimento de Nova Friburgo).
“A concepção deste projeto foi uma das primeiras missões dadas à nossa equipe técnica ainda em janeiro de 2009. Monitoramento por câmeras significa melhor distribuição de recursos materiais e humanos, significa melhores condições de investigação e fazer policiamento e polícia com inteligência” afirmou o secretário de Ordem Urbana, Cel. Hudson de Aguiar Miranda.

O posicionamento dos equipamentos, já contempla, por exemplo, o monitoramento de todos os principais pontos de táxi, o que poderia ter auxiliado em muito, caso o sistema já estivesse em operação, numa elucidação ainda mais rápida do assassinato do taxista Juarez, ocorrido há poucos dias.

Antes de ser homologado pelo GGI, o projeto já foi analisado e aprovado pela Secretaria de Segurança do Estado após ser entregue pessoalmente pelo Cel. Hudson ao secretário estadual José Mariano Beltrame.
“Temos esbarrado ao longo desses dois anos na ausência de verbas para a implantação do projeto. Esperamos que o Codenf e as entidades que o integram possam auxiliar no sentido de viabilizar verbas estaduais e até mesmo federais para que finalmente possamos implantá-lo em benefício da segurança do friburguense e do turista”, declarou ontem o secretário executivo do GGI e comandante da Guarda Municipal, André Luis Santos.

O presidente da OAB local, Carlos André Pedrazzi, destacou a necessidade de que a operação do sistema esteja firmemente baseada em uma norma de respeito à privacidade do cidadão. No que foi acompanhado pelos demais membros do gabinete.

Os representantes da Secretaria de Ordem Urbana informaram que o sistema será operado, após sua implantação, exclusivamente por servidores públicos do município e do Estado, ligados à segurança pública, trânsito e à Defesa Civil e somente eles terão acesso às imagens captadas com finalidade exclusiva de gestão de segurança, trânsito e investigação criminal (no caso da Polícia Civil). Contudo, afirmaram que são bem-vindas e cuidadosamente analisadas todas as sugestões de aprimoramento da norma encaminhadas pela OAB e pelos conselhos de segurança.

A próxima reunião do GGI acontecerá no dia 22 de agosto próximo.

Você é a favor ou contra do monitoramento por câmera das nossas vias públicas?

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Nova Friburgo - 15 de julho 2011 - Atividades da Cidade

CVT
O Centro Vocacional Tecnológico (CVT – Avenida Júlio Antônio Thurler 4, Olaria), da rede Faetec, inscreve até amanhã, 16, as pessoas interessadas nos cursos de operador de telemarketing, camareira, inglês, espanhol, francês, barman, informática, cozinheiros e auxiliar de cozinha. As inscrições são feitas on-line, através do site www.faetec.rj.gov.br, observando-se o edital. Os cursos são totalmente gratuitos e visam a capacitação profissional na área de hospitalidade e lazer. Informações complementares pelo telefone 2533-2291.

Macaé de Cima
Nova reunião do conselho consultivo da APA de Macaé de Cima está prevista para amanhã, 16, às 10h, na sede da Ação Rural de Lumiar, localizada próximo ao campo de futebol local. Da pauta consta apresentação dos módulos do plano de manejo da APA até o momento, pela equipe técnica da Associação Mico-Leão-Dourado.

Córrego Dantas
“Produção do espaço urbano” é o tema do oitavo módulo do curso que a Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisa e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Ceperj) realiza hoje, 15, das 19h às 22h, e amanhã, 16, no auditório da empresa Frigodário (Estrada Nova Friburgo-Teresópolis, RJ-130, Córrego Dantas. Participam a especialista em meio ambiente e arquiteta Maria Carmem Saporeti de Azevedo, e a gestora do projeto, psicóloga Izaura Gazen. Será realizada oficina de mapeamento das áreas de risco do bairro com a localização de equipamentos urbanos. Mais informações pelo telefone 2527-6461.

Modelo
O tradicional Colégio Modelo (Rua General Osório 20, Centro) promove sua festa julina amanhã, 16, a partir das 12h, com muitas atrações, como dança, barraquinhas com comidas típicas e muita alegria.

Catarcione
A festa julina da Escola Municipal Claudir Antônio de Lima, no Catarcione, será realizada amanhã, 16, a partir das 14h, com barraquinhas de comidas típicas, dança de quadrilha dos alunos e alegria de sobra. Toda a comunidade pode participar e a entrada é franca.

Vestuários
O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Nova Friburgo e Região faz a cerimônia de posse da nova diretoria amanhã, 16, às 19h30, na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Têxteis (Rua Augusto Spinelli 84, Centro). Mais informações pelo telefone 2522-6597.

Pestalozzi
O Arraiá da Pestalozzi — a festa julina da Associação Pestalozzi de Nova Friburgo — será realizado domingo, 17, a partir das 14h, na sede da instituição (Rua Souza Cardoso 403, ao lado do Laje, Lagoinha), com jogos, quadrilha, comidas típicas, pipoca, salsichão, pastéis e muito mais. Mais detalhes da festa pelo telefone 2528-4318.

Biblioteca
Mais um Vídeo & Debate será realizado hoje, 15, às 19h, na Biblioteca Municipal (Rua Farinha Filho 50, Centro), pelo Instituto Vir a Ser. Serão debatidos temas como mudanças climáticas, crise financeira, transição planetária, o ano de 2012 e a nova civilização. O evento terá à frente Sueli Meirelles, especialista em psicologia clínica, membro do Colégio Internacional de Terapeutas, do Gaian Institute-Brazil e da Associação Luso-Brasileira de Psicologia Transpessoal (Alubrat), além de pesquisadora de fenômenos psicossomáticos e psicoespirituais. É sugerido aos participantes levar um quilo de alimento não perecível.

Homenagem
A comissão de pais e moradores e a Associação de Moradores do Campo do Coelho prestam homenagem pública às professoras Elizete Luquez Lima e Daniele Oliveira Gonçalves da Rosa, hoje, 15, às 19h, na quadra do Colégio Estadual Eduardo Breder. As homenageadas são as diretoras demitidas da Escola Municipal Hermínia da Silva Condack. A comunidade pretende fazer uma declaração pública demonstrando amor e respeito pelas duas mestras e sugerem que as crianças sejam levadas ao evento, pois elas sempre foram o motivo da dedicação do trabalho realizado pelas duas professoras.

Ponte da Saudade
A Associação de Moradores e Amigos da Ponte da Saudade encerra amanhã, 16, o prazo para apresentação de chapas para concorrerem à eleição para o biênio 2011/2013. As chapas devem ser apresentadas por escrito na secretaria da Escola Municipal Dante Magliano, visando à eleição prevista para o próximo dia 29, devendo constar nomes do presidente, vice-presidente, primeiro e segundo secretários, primeiro e segundo tesoureiros, diretores sociocultural, de obras e melhorias e delegado junto à Famerj.

Congratulações
A Câmara Municipal de Nova Friburgo aprovou por unanimidade e fez constar em ata, conforme requerimento do vereador Edson Flávio Coelho, voto de congratulações ao jornal A VOZ DA SERRA pela matéria “Nova Suíça: onde estão os projetos de urbanização?”, assinada pela repórter Amine Silvares.


Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

Loteamento Girassol: ainda um cenário de pós-guerra


Quem chega hoje ao Loteamento Girassol - uma pequena localidade que reúne aproximadamente 80 famílias, entre os bairros Santa Bernadete e Jardim Califórnia - tem a impressão de que se está em algum lugar do Oriente Médio bombardeado pelos constantes conflitos daquela região. No Girassol diversas casas se encontram completamente destruídas, com paredes quebradas e cobertas por lama. Numa delas, que ainda tem parte da varanda erguida, as sobras de um Fusca cheio de lama e entulho dão a dimensão do horror que a tempestade de janeiro deixou na localidade. O nível do Córrego Dantas, que corta o Girassol, chegou a quase quatro metros de altura. Até mesmo o para-choque cinza de um carro, placa LIK 3026, foi parar no galho de uma árvore.

Ao longo do leito, pelo menos sete carcaças de veículos trazidos pela forte enxurrada ainda se encontram presas em meio a pedras, galhos de árvores e barrancos de areia. Até um caminhão foi encontrado em meio à correnteza do córrego — que tomou, no dia da tragédia, a proporção de um imenso rio. Algumas casas do Girassol, construídas próximo à margem, foram totalmente levadas pela correnteza. No lugar delas sobram entulhos e muita lama. Em outras, de dois andares, a enchente engoliu todo o primeiro pavimento e invadiu também o segundo. Por sorte, todos os moradores do Girassol conseguiram se salvar, mas sete corpos foram encontrados no loteamento depois que o nível da água baixou. Galerias de esgoto também foram danificadas.

“Naquela madrugada tive que sair de casa com meu filho, que é especial, e toda a minha família, pulando para uma outra casa vizinha por tábuas colocadas entre uma parede e outra. Tivemos que quebrar até uma parede para conseguir sair da nossa própria casa, já tomada pela água. Foi horrível”, lembra a moradora Angélica de Fátima da Costa, que não conseguiu o aluguel social e não teve outro jeito a não ser continuar morando no local — temendo sempre a chegada dos próximos temporais. “O que será de todos nós que vivemos aqui? Todos agora não param de ficar vigiando o rio”, pergunta, dizendo ainda ter tido toda a família salva graças a seu cachorro, que acordou todos na noite da tragédia escavando o ralo do banheiro no momento que os cômodos do primeiro andar já estavam alagados. 

“Moro aqui há 14 anos e nas enchentes passadas a água que entrou na minha casa nunca passou de 20 centímetros de altura. Desta vez quase chegou no teto. Nunca vi coisa igual. Por um milagre conseguimos ser salvos para uma casa vizinha”, disse a moradora Maria Davina Rangel Costa, 78 anos.


União dos moradores em frentes de emergência: até uma ponte de madeira foi improvisada


Cansados de esperar por ações efetivas do poder público, os moradores do Girassol arregaçaram as mangas e vem promovendo periodicamente mutirões de limpeza do Córrego Dantas. As frentes acontecem nos fins de semana com uma retroescavadeira e um caminhão cedidos por um empresário da cidade. O pagamento do motorista é feito pelos próprios moradores. Até uma ponte de concreto levada pela enxurrada já foi substituída por outra de madeira e improvisada somente para pedestres.

“Nossa meta é retirar a maior quantidade de galhos, entulhos, lixo e lama possível do leito e das margens para dar maior vazão ao córrego. Se não for feito isso agora, com qualquer chuva mais forte haverá transbordamento”, diz a servidora pública e também presidente da associação local de moradores, Luciana da Silva Pinto, que não se cansa de cobrar providências para o loteamento, mas se diz descrente de investimentos públicos no Girassol. “Pelo menos a dragagem do córrego e a limpeza dos locais atingidos teriam que ser feitos. São serviços urgentes que já foram solicitados várias vezes”, destaca Luciana. A Secretaria Municipal de Obras informou que o Girassol está no roteiro de ações emergenciais de limpeza e melhorias. 

Casas inteiras foram destruídas com a força da enxurrada. Muitos moradores ainda permanecem abrigados nas casas de familiares ou amigos
 Cenas de destruição por toda a parte. Nesta casa apenas um fogão sobrou. Família foi salva às pressas

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Empresa e diretores são condenados por extração mineral irregular em Friburgo

A ação foi motivada por uma denúncia de que a Pedrinco estaria operando em local sem permissão dos órgãos competentes. Após fiscalização, a denúncia foi confirmada.

Após ação do Ministério Público Federal (MPF), a 1ª Vara Federal de Nova Friburgo condenou a empresa Pedrinco S.A e Indústria de Concreto, seu diretor-presidente e seu vice-presidente a pagar multas de mais de R$ 54 mil (empresa) e R$16 mil (dirigentes) por iniciarem obras de extração mineral em área de proteção permanente, sem a licença da antiga Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema), hoje Intituto Estadual do Ambiente (Inea), e autorização do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), no bairro São Clemente, em Nova Friburgo.


A Pedrinco, que tinha licença para operar em área vizinha, deverá parar as obras na região para a qual não tem licença. Já os dirigentes da empresa foram condenados a um ano e dois meses de detenção, convertidos na pena alternativa de prestação de serviços comunitários pelo mesmo período e doação de 20 salários mínimos, cada um, para instituições de assistência social. O MPF recorreu para aumentar as penas.

A ação foi motivada por uma denúncia de que a Pedrinco estaria operando em local sem permissão dos órgãos competentes. A empresa apresentou uma licença de operação dada pela Feema com validade até abril de 2006, além de uma autorização da DNPM para fazer extração mineral que dependia da validade da licença ambiental. Em janeiro de 2006, a empresa apresentou à Feema um protocolo de extensão da licença. Nele, a Pedrinco solicitava o licenciamento de uma nova área, maior, expandindo os 8,15 hectares nos quais a empresa tinha licença, até então, para operar. Por abranger área de interesse do Estado, a licença não foi concedida e requisitou-se à empreiteira que mudasse seu projeto e parasse as obras no local que reivindicava.

Após fiscalizações do DNPM e do Ibama e investigações da Polícia Federal e do MPF, ficou constatado que a empresa continuava a exploração mineral mesmo sem licença, usurpando do minério (que é propriedade da União) e causando degradação ambiental e desmatando uma área de aproximadamente 2.000 m².

A empresa alegou ter realizado somente uma pesquisa na área nova, mas durante a investigação ficou constatado que havia, de fato, extração mineral muito acima do necessário para pesquisa e que tal atividade permaneceu mesmo depois de expirada a licença para pesquisa, caracterizando o crime.

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

Postos de Saúde de Friburgo vacinam crianças contra sarampo até 22 de julho



Os postos de saúde funcionam de segunda à sexta-feira, das 8 às 17h. É fundamental a apresentação da caderneta de vacinação.

Todos os postos de saúde de Nova Friburgo vão vacinar crianças de 1 à 6 anos de idade contra o sarampo até o dia 22 de julho, uma sexta-feira. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) disponibiliza profissionais durante todo o dia para que as aplicações aconteçam.


A coordenadora da Imunização, enfermeira Luzia Forny, diz que não é preciso se deslocar apenas ao Posto de Saúde Silvio Henrique Braune, no Suspiro, já que todas as Unidade de Saúde estão em campanha. Ainda segundo a coordenadora, é fundamental a apresentação da caderneta de vacinação.

“O cartão é o histórico da criança. Mesmo que ela já tenha recebido a tríplice viral é preciso que ela tome a dose de reforço”, diz Luzia.

Atualmente, surtos de sarampo são motivos de grande preocupação em outros países, como a França, por exemplo. Por isso, é necessário reforçar a vacina. Os postos de saúde funcionam de segunda à sexta-feira, das 8 às 17h.

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

Ministro do Turismo anuncia na sexta (8) verba de R$ 10 milhões para a Serra

Os recursos serão aplicados na promoção dos atrativos turísticos de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo, afetadas pelas chuvas no início deste ano.

O Ministro do Turismo, Pedro Novais, anuncia na sexta-feira (8), às 11h, no Rio de Janeiro, a liberação de R$ 10 milhões para os municípios de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Os recursos serão aplicados na promoção dos atrativos turísticos das três cidades, afetadas pelas chuvas no início deste ano. O Ministro fará o anúncio em reunião com o secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Ronald Ázaro, e representantes dos três municípios beneficiados e de entidades de classes do setor de turismo.


Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

Moradores do Alto do Cascatinha sofrem até hoje com barreira que caiu em janeiro

Apenas motos e carros de passeio conseguem trafegar onde a barreira caiu. A rua continua cedendo e preocupa os moradores da rua de baixo.


 Uma moradora do bairro Alto do Cascatinha, em Nova Friburgo, entrou em contato com o in360 RJ para reclamar de (mais) um problema decorrente da tragédia de janeiro. A força da enxurrada derrubou uma barreira e, praticamente, interrompeu uma rua.


O problema é que, até agora, pouco mais de cinco meses depois do acontecido, a situação segue a mesma no bairro. A barreira que caiu continua atrapalhando quem os moradores e quem precisa passar pelo local.

No trecho onde a barreira caiu, apenas motos e carros de passeio conseguem trafegar. Segundo a moradora, caminhões, ambulâncias e outros veículos de grande porte não conseguem passar, dificultando a vida dos moradores do bairro.

A rua continua cedendo e a barreira preocupa os moradores da rua de baixo, que temem uma nova tragédia no próximo período de chuvas. Ainda segundo Tábata Oliveira, até agora nenhum órgão do governo foi avaliar a situação do local.




Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

Idoso tenta marcar consulta há 3 meses sem sucesso

Pela 4ª vez a equipe do RJ InterTV esteve no posto Sylvio Henrique Braune e mais uma vez constatou filas se formando de madrugada, com muitos idosos na esperança de conseguir pegar uma ficha para consulta.

20 de junho de 2011. De lá para cá, nada, absolutamente nada mudou. A situação continua a mesma. Novamente, a equipe do RJ InterTV mostrou a dificuldade de se marcar uma consulta no Posto Sylvio Henrique Braune e acompanhou a saga do aposentado José Manoel, que está há 3 meses tentando pegar uma ficha para marcar consulta, mas até hoje, apesar de chegar de madrugada no posto de saúde, ainda não conseguiu.

Mais uma vez a equipe não conseguiu contato com a Secretária de Saúde, mas em nota, sua assessoria informou que existe um projeto para a informatização do posto de marcação de consultas, mas tem prazo para o sistema começar a funcionar. E também, que mais de 50 médicos aprovados no concurso de 1999 devem ser convocados. Além disso, médicos com especialidades estão sendo colocados no posto do suspiro para suprir a demanda e diminuir as filas no posto de saúde Silvio Henrique Braune.

O vídeo da matéria:



Cadê os nossos políticos, cadê o dinheiro, onde está o direito do cidadão, cadê o pessoal moralista dos Direitos Humanos? Isso é uma vergonha!


Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

FMS continua oferecendo tratamento oftalmológico aos friburguenses

O Departamento de Tratamento Fora Domicilio da Fundação Municipal de Saúde de Nova Friburgo continua agendando consultas para o Hospital Santa Beatriz em Niterói. A novidade começou há um mês desde quando a secretária de Saúde, doutora Jamila Calil Salim, fechou uma parceria com o hospital. Antes, o paciente tinha que esperar muito tempo na fila e por vezes procurar tratamento até em outro estado. Agora com duas horas de viagem o usuário chega ao local do tratamento.

Para marcar consultas oftalmológicas é necessário que o paciente tenha em mãos os documentos de identidade, CPF, comprovante de residência e laudo médico. Este último documento deve ser preenchido pelo oftalmologista da rede que atende no Posto do Suspiro Silvio Henrique Braune todas as segundas e quartas.

Para a locomoção até Niterói a FMS oferece o transporte que leva ao município assim como o retorno para Friburgo. Cada paciente poderá levar um acompanhante. Ainda existe outra opção de transporte até o Hospital em Niterói. “Caso não haja vagas nas vans pela alta demanda, o paciente poderá ir de ônibus até Niterói sendo ressarcido posteriormente”, diz Ana Cristina, coordenadora da TFD. Para o agendamento é preciso que o paciente entregue no TFD as passagens com dias e horas compatíveis com o agendamento das consultas juntamente com uma declaração de comparecimento do hospital comprovando que a consulta aconteceu. Os acompanhantes também receberão o reembolso.

É válido lembrar que as consultas só ocorrerão mediante agendamento prévio no TFD. Doutora Jamila pede aos pacientes que já esperavam o atendimento que procure o mais rápido possível o Departamento que se localiza no Hospital Municipal Raul Sertã, atrás do setor de tomografia e atende das 8 às 17 horas.


Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

O poder de uma lata de Refrigerante!


 O que acontece quando você acaba de beber uma lata de refrigerante?!


Primeiros 10 minutos:

10 colheres de chá de açúcar batem no seu corpo, 100% do recomendado diariamente.
Você não vomita imediatamente pelo doce extremo, porque o ácido fosfórico corta o gosto.

20 minutos:

O nível de açúcar em seu sangue estoura, forçando um jorro de insulina.
O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura (É muito para este momento em particular).

40 minutos:

A absorção de cafeína está completa. Suas pupilas dilatam, a pressão sanguínea sobe, o fígado responde bombeando mais açúcar na corrente. Os receptores de adenosina no cérebro são bloqueados para evitar tonteiras.

45 minutos:

O corpo aumenta a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do corpo. (Fisicamente, funciona como com a heroína.)

50 minutos:

O ácido fosfórico empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo.
As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina, ou seja, está urinando seus ossos, uma das causas das OSTEOPOROSE.

60 minutos:

As propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. Você urina.
Agora é garantido que porá para fora cálcio, magnésio e zinco, os quais seus ossos precisariam..
Conforme a onda abaixa você sofrerá um choque de açúcar.
Ficará irritadiço.

Você já terá posto para fora tudo que estava no refrigerante, mas não sem antes ter posto para fora, junto, coisas das quais farão falta ao seu organismo.

 
Pense nisso antes de beber refrigerantes. 
Se não puder evitá-los, modere sua ingestão!
Prefira sucos naturais.
Seu corpo agradece!

Pesquisa feita pelo Prof. Dr. Carlos Alexandre Fett, Mestre em Nutrição pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso).

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Em Nova Friburgo quase metade dos envolvidos com tráfico de drogas são menores


    “É hora do poder público, entidades, igrejas e famílias friburguenses se unirem para tentar evitar que adolescentes enveredem pelo triste caminho das drogas”. O alerta é do comandante do 11º BPM, tenente-coronel Marcelo Freimann de Sousa, que apresentou na noite de terça-feira, 6, na Câmara de Vereadores, os índices recentes da violência em Nova Friburgo e nos demais sete municípios de atuação do batalhão, durante sessão proposta pelo vereador Marcos Medeiros. O comandante apresentou dados estatísticos da repressão ao crime, desencadeada por sua equipe, que vem superando as metas de êxito estabelecidas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Chama a atenção, porém, o grande envolvimento de adolescentes no tráfico de drogas em Nova Friburgo. O levantamento aponta que 47% da mão de obra nas bocas de fumo do município são adolescentes entre 14 e 17 anos. A estratégia dos líderes do tráfico, segundo o policial, é utilizar os menores pois estes não podem ser presos quando flagrados em operações, apenas conduzidos à delegacia e encaminhados a Vara da Infância e Juventude.

    “Assusta chegarmos às comunidades onde o tráfico se faz presente e depararmos com jovens fortemente armados”, observou Freimann, preocupado com o crescimento da quantidade de drogas apreendidas pelo 11ºBPM só nos últimos quatro meses em Nova Friburgo: 263 quilos de cocaína, 20 quilos de maconha e 200 gramas de crack. Do total de apreensões de drogas, 67 pessoas foram flagradas e presas; 47% delas eram adolescentes, encaminhados posteriormente à Justiça.

    O delegado da 151ªDP, Luís Cláudio Cruz, observou ainda a grande participação de mulheres no tráfico de drogas no município. “É uma peculiaridade, pois em outras áreas conturbadas onde trabalhei, como nos complexos do Alemão, Maré e Borel, no Rio de Janeiro, a participação de mulheres adolescentes ou adultas é bem menor”, disse ele ao propor a efetivação de um “cinturão de segurança” no município, com ações estratégicas de combate à droga, em conjunto pelas polícias Civil e Militar, com apoio dos bombeiros e Guarda Municipal.

    “Estou na 151ª DP há pouco mais de um mês e me surpreendi com a queda de 81% nos roubos ao comércio e de 90% nos roubos a residências do ano passado para cá. É sinal de que a polícia está no caminho certo agindo com inteligência e sem nenhuma morte por auto de resistência, ou seja, nenhum policial aqui precisou matar alguém para se defender durante uma operação”, comemorou o delegado, que espera em breve oferecer melhor qualidade de atendimento à população com a inauguração da Delegacia Legal, ao lado do quartel do 11ºBPM. 

Assassinatos e roubos de rua caíram mais de 30% no último semestre

O comandante Marcelo Freimann comemorou também a queda nos índices de assassinatos e roubos de rua no primeiro semestre deste ano: 33%. A estimativa de homicídios para este período, de acordo Secretaria de Segurança Pública, era de até 22 assassinatos em Nova Friburgo; 11 foram consumados. O último assassinato ocorreu no início de maio. No ano passado a estimativa era de 51 assassinatos; ocorreram 43, uma queda de 16%. Para o comandante, esses resultados positivos refletem o êxito das estratégias desenvolvidas pela polícia com ações de inteligência e a confiança da comunidade ao fornecer denúncias pelas centrais 190 e 2523-4590.

Já os roubos de rua somaram no primeiro semestre deste ano 67 casos — numa estimativa de 100. O que preocupa agora a PM é a maior incidência de roubos de veículos. Nos municípios de atuação do 11º BPM ocorreram 13 casos no último semestre, cinco deles só em Nova Friburgo. O esperado eram sete para o Centro-Norte. Com isso registrou-se aumento de 83% neste tipo de crime. No ano passado os roubos de carros e de rua tiveram quedas de 48% e 43%, respectivamente, entre o total de casos registrados e a estimativa da Secretaria de Segurança Pública.

O vereador Marcos Medeiros valorizou a atuação da polícia e dos bombeiros no município e disse que as transmissões de algumas operações da PM, sem cortes e produzidas por ele, na emissora Nova TV, visam alertar à população, principalmente os jovens, “a aprender com o erro dos outros”. O vereador valorizou a estratégia da PM, que cumpre seu papel sempre evitando atirar, priorizando a captura.

A sessão contou ainda com a participação dos comandantes do 6º Grupamento de Bombeiro Militar, tenente-coronel Luiz Emanuel Palência; da Guarda Municipal, André Luiz Santos, Zury Maurer, do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), defensores e promotores do Grupo de Apoio à Promotoria (GAP), representantes da 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (CRPI) e diversos oficiais do 11º BPM. 

Fonte: Jornal A Voz da Serra

Você sentiu essa mudança?

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Novo ponto em frente à Universidade Candido Mendes


    Depois de muitas reclamações dos passageiros dos ônibus urbanos e intermunicipais, que se arriscavam ao ter que aguardar os coletivos no ponto do final da Avenida Euterpe Friburguense, onde houve um grande deslizamento de encosta em janeiro, os usuários contam agora com um novo ponto de embarque e desembarque em frente à Universidade Candido Mendes. Desde a última semana, os coletivos fazem paradas onde funcionava um ponto de caminhões a frete. A mudança agradou os passageiros, que agora aguardam os coletivos num ponto com guarita e banco de madeira. Porém, nenhuma placa indicativa foi afixada no antigo local de parada para alertar aos usuários, tampouco as placas de caminhões a frete foram retiradas da guarita do novo ponto de ônibus.

 Fonte: Jornal A Voz da Serra

O quê você achou desta mudança?

Para denunciar problemas, irregularidades no seu bairro, mande um e-mail com fotos e/ou vídeos do problema para novafriburgoemdebate@gmail.com nome e e-mail ficarão em absoluto sigilo. Ajude a fiscalizar a nossa cidade, faça a tua parte!

Siga-nos no Twitter: @nfriburgodebate